A participação do nosso sócio Arthur Villamil na Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quarta-feira, 11 de abril, foi tema de uma matéria no site da Assembleia.

Print da página da Assembleia Legislativa, com parte da matéria publicada

Metade do valor da gasolina vai para impostos

Participantes de audiência criticam tributação em Minas Gerais e culpam governo pelo alto preço dos combustíveis.

Os mineiros estão pagando, atualmente, cerca de R$ 1,50 de imposto estadual (ICMS) para cada litro de gasolina. Minas tem a segunda maior tributação do País, atrás apenas do Rio de Janeiro. Há, ainda, impostos federais e outras variáveis, como a nova metodologia de preços da Petrobras, que fazem dos combustíveis uma fonte de arrecadação para os governos e um tormento para os consumidores.

O tema foi discutido pela Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quarta-feira (11/4/18), a requerimento de seu presidente, deputado Felipe Attiê (PTB). Parlamentares estão preocupados com a concorrência com estados vizinhos e acusam o governo mineiro de exagerar na tributação e de não ter controle das contas.

Continue lendo